O bardo Abelardo no outlet do livro galego

Histórias contadas e cantadas, sonhadas e vividas, imaginadas e sentidas.

Histórias para pensar e reflexionar, para meditar e levitar, para se adormecer e acordar.

Histórias que falam dum tempo que arrecende a roupa gardada com maçãs e a carne lavada com sabão de rosas.

Histórias que dam voltas como pião, como a roda do tempo, como a roda do moinho, como a roda da vida.

Histórias que soam a acordeão e que se estiram e encolhem com o seu fol.

As histórias do Bardo Abelardo.

Seram na próxima 2ª feira 23 de Julho às 20:15 h. no café moderno de Ponte-vedra.