Contos(mp3)

 Vicentinho

-Texto: Anxo Moure

-Adaptação e cantiga: Servando Barreiro

 

O pássaro Vicentinho descobrira que nas pôlas das árvores aninhava a palavra PAZ.

Aquele ano houvera um grande incêndio, um terrível incêndio, um horroroso incêndio. Todas as árvores foram queimadas e a guerra espalhou-se por toda a terra.

Vicentinho quis salvá-las, mas foi convertido por um trasgo malvado numa simples máscara de entrudo.

Um dia, uma menina disse a Vicentinho que as cabeças dos conta-contos estavam cheias de pássaros. Vicentinho subiu a uma delas e foi de vila em vila e de cidade em cidade contar contos aos meninos e às meninas para que cuidassem da palavra PAZ.

Vicentinho, Vicentinho

Pássaro do rio Minho

Vicentinho, Vicentinho

Leva-me no teu barquinho.

 

Leva-me no teu barquinho

Leva-me a navegar

Leva-me Vicentinho

Porque a Paz quero encontrar.

 

O carvalho com botas

-Texto: Anxo Moure

-Adaptação e cantiga: Servando Barreiro/trad.

 

Mas nem todas as árvores morreram  naquele incêndio, salvou-se um carvalho que viveu só naquele monte abandonado porque todos os seus amigos foram naquele fogo queimados.

No Outono chorou tanto que lhe caíram as lágrimas, como era um carvalho tinham a forma de landras.

As lágrimas daquele carvalho caíram todas à sua volta, umas caíram no chão e outras dentro de uma bota.

Era a bota de um soldado

Que não queria ir pra guerra

Ficou atrás no caminho

E encheu-se toda de terra.

Veio o sol, veio a chuva

E chegou a Primavera

E um novo  manto de seres

Cobriu toda a nossa terra.

Entre eles um carvalho

Que nascera numa bota

Era o carvalho com botas

O herói desta história.

 

Vocês podem ser também autênticos heróis. Agora no Outono, quando caem as landras levem-nas ao monte a plantar.

Verão na Primavera o milagre da vida, a esperança da terra: os carvalhos com…botas! O futuro dos bosques: os carvalhos com…botas. Um novo super-herói. Os carvalhos com…botas!